" "

"Quando a escola progride, tudo progride!". (Martinho Lutero).

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

NÃO CONSIGO ORAR! E AGORA?


Na vida cristã, se comunicar com Deus é algo tão necessário como fazer refeições diárias. Alguém já falou que é tão necessário como o respirar! Mas, o que fazer quando você percebe que orar é tudo o que você mais precisa mas não consegue fazer?

Os motivos variam de acordo com as circunstâncias. Às vezes a falta de fé assola a alma e a pessoa simplesmente não consegue acreditar que orar valha a pena quando tudo parece estar totalmente perdido.

Outras vezes, as decepções causadas por pessoas que amamos acabam por nos encher de mágoas e isto rouba de nós a vontade de conversar com qualquer outra pessoa, até mesmo com o Pai!

Há outras situações em que orar parece algo impossível embora seja tão urgente. Por exemplo, buscar a Deus é coisa muito difícil para quem caiu em tentação e fez tudo errado. É quando o coração envergonhado pergunta: - Eu pequei! Será que Deus ainda se interessa por mim?

Existem também casos em que o cristão não consegue orar porque está zangado com Deus. Uma oração anterior ainda não respondida ou respondida com um não que você até agora não conseguiu entender... Comparações entre sua vida atribulada  e a vida aparentemente muito boa daquela pessoa que não faz nenhum esforço para viver corretamente... Tudo isso pode bloquear em nós a vontade de se abrir com o Senhor! Afinal, por que você deveria orar agora quando você pensa que a razão de sua dor é um sinal de que Deus lhe esqueceu?

Está acontecendo com você?  Espere! Você não é o único a passar por isto e as coisas não são assim tão sem jeito o quanto parecem! Assim que puder dê uma olhada nos salmos 73 e 77 e você verá que desde os tempos antigos este tipo de crise já foi enfrentada e vencida por muitos!

O que fazer? Primeiro, aquiete-se, acalme-se e não faça nada se não souber o que fazer. Geralmente as pessoas ao nosso redor cobram de nós respostas que nem sempre temos. Por isso, respire e também não diga nada se não souber o que dizer!

E assim que puder, fique sozinho, olhe para cima e saiba que Deus não está lá apenas para escutar coisas boas saídas da boca de gente bem resolvida. Ele também ouve os desanimados, os confusos, os amargurados, os pecadores, os revoltados, os aflitos, os filhos pródigos que desejam voltar para casa e até mesmo aqueles que perderam a fé!

HUMBERTO DE LIMA

sábado, 10 de junho de 2017

10 FATOS SOBRE O BRASIL


Antes de ir ao ponto, deixo bem claro que gosto de meu país e tenho textos nos quais falo sobre coisas boas daqui! Mas agora quero mesmo destacar fatos curiosos, alguns não muito apreciáveis de nossa Mãe Gentil! Vamos a eles?

1. Aqui o motorista de carro pequeno é multado se dirigir sem usar o cinto de segurança mas o motorista de ônibus urbano pode dirigir com muitas pessoas em pé, enquanto ele mesmo conta o dinheiro que vai recebendo dos passageiros!

2. Cidadãos de bem andam desarmados. Policiais e bandidos portam armas, e, em vários casos as armas dos bandidos são mais modernas que as armas dos policiais!

3. Em algumas ruas placas informam que a velocidade deve ser reduzida. Como as placas não são obedecidas, colocam também lombadas. Por falar em placas, existem também aquelas que imploram: - Não danifique a sinalização!

4. O povo gosta de debater política e sempre reclama quando estouram as crises; mas muita gente continua votando por dinheiro e reelegendo seus políticos corruptos de estimação!

5. O país não consegue garantir emprego, saúde pública, educação nem segurança para seus cidadãos, além de não ter presídios suficientes para prender seus próprios criminosos. Mas há quem defenda a entrada sem controle de gente de fora!

6. Enquanto milhões do povo recebem salário mínimo e não possuem casa própria, deputados ganham muito bem e ainda recebem auxílio paletó e auxílio moradia!

7. Temos reservas de petróleo ainda suficientes para vários anos mas, não sei porque, continuamos importando petróleo!

8. Temos ministros no STF e nos demais tribunais superiores que são indicados pelo chefe do Poder Executivo e o Código de Processo Penal prevê multas em Réis e Contos de Réis!

9. Troca-se de religião, de roupa, de partido político, de endereço e essa liberdade toda é muito boa! Só não se troca o time de futebol! Quanto mais sofredor, mais fiel... Eu que o diga!

10. Milhões votam para decidir quem deve ser o próximo eliminado do Big Brother Brasil e outros tantos milhões já apreenderam a cantar "despacito" mas quase ninguém leu a Constituição Federal!

HUMBERTO DE LIMA

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Brasil - Os crentes e a crise



Vez por outra tenho ouvido alguns pregadores proclamar que nós os crentes estamos em Cristo e, por isso, não estamos em crise. Mas, passados os efeitos da sugestão sensacionalista do domingo à noite, logo chega a segunda-feira trazendo notícias de empresas fechadas, desemprego, preços altos, impostos pesados e de aperto financeiro, com repercussões não somente nas mesas das famílias mas também nas tesourarias das igrejas que elas frequentam.
  
Ainda assim, alguns insistem em examinar seus próprios bolsos com as lentes de inescrupulosos líderes, acreditando que tudo se explica espiritualmente, com uma única frase: - Não há crise! Você é que não está contribuindo como deveria e por isso o espírito  devorador está destruindo sua vida financeira!
  
Outros porém, admitem a crise e conseguem vê-la como resultado de uma política econômica desastrada praticada por um Estado infectado desde o seu nascimento pelo vírus da corrupção. Mas aqui temos outro problema porque não faz parte da tradição evangélica brasileira discutir essas coisas.

Crescemos ouvindo sobre o dever de cuidar bem da alma e fomos doutrinados para ser bons cidadãos, cumprir as leis e fazer a coisa certa. Mas o que fazer quando os pecados e crimes dos outros acabam por causar danos a uma cidade inteira? Como se posicionar diante de problemas nacionais envolvendo política, eleições, corrupção, ilegalidade, impeachment etc?

Sem a pretensão de esgotar o assunto, deixo aqui alguns conselhos que certamente serão úteis neste período de turbulência:

1. OUÇA OS DOIS LADOS – Em meio à tanta informação e contrainformação comuns em tempos assim, escute e leia o que é postado pelos dois lados. Fazendo assim, você diminuirá a probabilidade de emitir julgamentos precipitados e enxergará com mais clareza as verdades e inverdades publicadas por ambos os lados.

2. SEJA LIVRE – Crises políticas fazem o palco perfeito para que líderes cristãos de diferentes denominações, de direita e também de esquerda, se apresentem como “Representantes do Povo de Deus”, tentando padronizar o pensamento da massa evangélica de acordo com suas agendas pessoais. Que fazer?

É de bom alvitre ouvir o que dizem líderes espirituais mas nenhum pastor deverá jamais tomar de você o direito de pensar, opinar e decidir por si mesmo. É como saber comer peixe.

3. SAIBA LIDAR COM O DIFERENTE – Costumo dizer que prefiro uma democracia de maioria ateia a uma ditadura feita por religiosos. Naquela os crentes seriam poupados ao passo que nesta os incrédulos seriam executados.

Mesmo entre irmãos e tendo o cuidado de ouvir os dois lados de um conflito, nem sempre chegamos às mesmas conclusões. Quando isso acontece lá fora, por causa da alta carga de emoções que permeiam as discussões, muita gente parte para a baixaria e ataques pessoais, propagando discurso de ódio e tornando o clima ainda mais pesado.

Por isso, prepare-se para saber lidar na igreja com irmãos, pastores e leigos com convicções políticas divergentes das suas. Quando isso acontecer, não se sinta obrigado a mudar de opinião mas também não entre no jogo do diabo. Lembre disto: - Seu irmão em Cristo é seu irmão em Cristo!

4. FAÇA A LIÇÃO DE CASA – Como criticar a falta de transparência de qualquer órgão público se a congregação religiosa que você dirige não presta contas aos seus próprios membros? Quem irá ouvir sua voz se você denuncia as coisas erradas de Brasília mas faz essas mesmas coisas em seu município? Que diferença você terá feito se não participou dos desvios da Petrobrás mas se envolveu no desvio de merenda escolar ou é funcionário fantasma naquela cidadezinha de uma rua só?
 
5. ORE – Se informar, opinar, concordar, discordar, protestar, votar, ser votado e participar ativamente do debate político nacional, estadual ou municipal é direito de cada cristão e deve ser exercido cada vez mais. Todavia, não ignore o fato de que você também pode e deve contribuir com sua oração. Na oração sincera e humilde encontramos o discernimento e o autocontrole necessários para não andar na carne nem agir cegamente movido por impulsos.

Humberto de Lima  

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

MENSAGEM DE FIM DE MÊS


Lá se foi Fevereiro! O tempo voa! 

Agora mais distantes do momento em que traçaram metas na última noite de réveillon ou nos primeiros dias de Janeiro, algumas pessoas estão completamente desanimadas em relação ao resto do ano. É como se tivessem decidido deixar o carro descer ladeira abaixo, volante solto, pra ver no que dá.

Não! Não espere até que chegue outra noite de réveillon ou seu próximo aniversário para que você tente de novo esboçar alguma reação! Os rumos de sua vida não podem depender de uma data qualquer do calendário! O tempo de reagir é hoje, a hora certa para recomeçar é agora! O último dia de fevereiro poderá ser o primeiro dia de uma nova fase em sua vida! 

 Que fazer?

 1. Vá para um lugar tranquilo ou entre em seu quarto, feche sua porta e converse com o Deus que lhe deu a oportunidade de estar lendo essa mensagem. Busque forças nele!
 
 2. Reveja suas metas e pergunte a si mesmo: - O que é possível fazer no dia de hoje? 
 
 3. Respondida a pergunta anterior, mexa-se e faça tudo o que for possível fazer neste dia, ainda que sua meta seja de médio ou de longo alcance.
 
4. Seja perseverante. Repita esses passos amanhã de manhã!

Finalmente, não ore sem agir nem aja sem orar. Sua parceria com Deus poderá resultar em vitórias que abençoem sua vida e glorifiquem o nome dele. 

Siga em frente!

  
HUMBERTO DE LIMA

sábado, 25 de fevereiro de 2017

SAIU NA TV! E AGORA?


O ADVOGADO NÃO QUIS SE MANIFESTAR PORQUE AINDA NÃO TEVE ACESSO AOS AUTOS. Essa é uma frase ouvida quase todas as noites nos noticiários nacionais. O que ela significa?
 
Na faculdade de Direito aprendemos sobre presunção de inocência, isto é, fomos ensinados que todo cidadão somente poderá ser considerado culpado e punido por qualquer crime após sentença condenatória para a qual não caiba mais recursos.
 
Aprendemos também sobre o devido processo legal, sobre a ampla defesa e sobre o direito ao contraditório. Em outras palavras, fomos ensinados que nenhum julgamento deverá se basear apenas no que diz a acusação; a defesa também tem direito a voz sem nenhum cerceamento!
 
É por isso que advogados geralmente evitam emitir parecer contrário ou a favor sobre qualquer caso sem que antes tenham tido acesso aos autos (conjunto de documentos que fazem parte do inquérito policial ou do processo penal).
 
Por esse mesmo motivo, é sempre bom evitar fazer uso de redes sociais para atribuir a alguém a prática de qualquer crime. Se ao final do processo o réu for julgado inocente, a postagem precipitada poderá ser usada como prova em novos processos (calúnia na esfera criminal e indenização por danos morais na esfera cível), desta vez contra aquele que não soube conter a boca ou os dedos.
 
Indagado sobre o caso do pastor famoso da televisão investigado sob suspeita de corrupção, como operador do Direito eu respondo: - Não quero opinar, pois não tive acesso aos autos! Como cristão, oro para que os fatos sejam esclarecidos e justiça seja feita; como cidadão brasileiro, torço para que toda a verdade venha à tona e justiça seja feita!
  
Prudência e paz!
 
HUMBERTO DE LIMA

Mais lidas na semana