" "

"Tudo que você tiver que ser, seja bom!". (Abraham Lincoln).

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Virando a página


Li, já não lembro onde, sobre o rapaz que saiu amargurado da casa da ex-namorada. Passando pelo bar, bebeu algumas para tentar afogar as mágoas e desceu para a barranca do rio onde sua canoa o esperava. Remou com todas as forças, mas parecia não chegar nunca ao seu destino. Exausto, adormeceu para somente ser acordado pelo sol do dia seguinte e descobrir que havia remado por toda a noite sem que tivesse saído do lugar. Angustiado, ele se esqueceu de desamarrar a corda que prendia sua embarcação ao tronco da ingazeira!

Da mesma forma, milhares de pessoas ao redor do mundo vivem em agonia no presente e não possuem esperança de um futuro bom porque suas vidas ainda estão presas em algum ponto lá atrás. É verdade que lembranças más ou boas do passado às vezes grudam em nossas mentes, mas devemos saber lidar com elas para que não nos impeçam de viver o que a vida coloca diante de nós agora.

Vejo nossos anos como folhas de um livro que vem sendo escrito desde que nascemos. Ao final de cada uma delas é preciso partir para a outra e seguir em frente. Que fazer, então?

01. Faça faxinas! – Quando estudante de Administração, eu me apaixonei pela ideia japonesa dos Cinco S. O primeiro passo (seiri) consistia em descartar todo o lixo e se livrar de todo o entulho que prejudicasse a vida na empresa. O próximo passo depois da faxina chamava-se seiton e cuidava de colocar cada coisa em seu devido lugar...

Essa ideia é útil não apenas no chão de fábrica nem somente no escritório; fazer faxina na alma é importante para quem deseja vida nova no ano novo. Livre-se de sentimentos ruins, libere perdão e não tente carregar pessoas que não querem andar com você. Deixe que elas sigam suas vidas ainda que por caminhos diferentes do seu. Afaste-se também daquilo ou daqueles que lhe fazem mal ou tentam lhe afastar do bem.

02. Troque as crendices por uma fé inteligente! – Pular sete ondas, vestir branco, verde, amarelo ou qualquer outra cor, ter moedas no bolso... Nada disso vai lhe garantir um ano novo com mais sorte! Apenas creia em Deus e passe para o próximo ponto.

03. Assuma sua parte nesse negócio chamado vida! – A vida é uma sociedade com dois sócios principais, a saber, Deus e você. Saiba que ele é fiel e sempre cumprirá a parte dele nesta parceria. Todavia, há coisas que Deus não faz nem fará, simplesmente porque ele sabe que são coisas que você pode e deve fazer.
Portanto, pare de reclamar da vida, evite ficar culpando os outros por tudo o que não dá certo em sua rotina, não viva arranjando para a sua moleza explicações que não explicam, e, decida você mesmo fazer as mudanças que são necessárias em sua existência.

04. Estabeleça metas! – Embora sabendo do que as pessoas precisavam, às vezes, Jesus perguntava: - O que queres que eu te faça?  Então, sem que houvesse qualquer imposição da parte de Jesus, eram curados os que queriam ser curados, eram orientados os que buscavam orientação e eram libertos os que desejavam libertação.
De igual modo, você precisa saber aonde quer chegar! Onde e como você gostaria de estar de hoje a um ano? Estabeleça metas para um ano e para cinco anos, faça sua lista e depois pergunte a si mesmo: - O que posso fazer agora mesmo para chegar lá?

05. Vá com Deus! – Há dois mil anos atrás, Jesus perguntava: - Do que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder sua alma?  Moisés, antes de iniciar a longa viagem do êxodo, orou dizendo: - Se tua presença não for comigo, não me deixe sair desse lugar. Santo Agostinho, por sua vez assim se expressou: - Fomos criados para ti, ó Deus, e o nosso coração não tem paz até que a encontre em ti.

O mundo está cheio de gente muito rica e ao mesmo tempo miserável simplesmente porque que vivem como se Deus não existisse. Por isso, ao planejar sua agenda para os meses que se aproximam, abra espaço para o seu Criador. Também reserve tempo para viver fé e serviço em uma comunidade onde você será abençoado e também poderá ser benção.

É hora de virar a página!

Humberto de Lima   

Mais lidas na semana