" "

"Eu penso que patriotismo é como caridade - Começa em casa!". (Henry James).

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Por que eu estava lá

Cheguei por volta das 16:30. O pastor Joaquim de Andrade já estava por lá, me esperando. Partimos para a concentração dos manifestantes e, a princípio, imaginei que a passeata seria um fracasso devido ao pequeno número de pessoas que ali se encontrava.

Enquanto aguardávamos pelo começo do movimento, Joaquim conversava e compartilhava comida com um mendigo que se aproximou de nós. Morador da periferia, o homem contou que tem filhos, vem diariamente ao centro para catar lixo e pedir alguma coisa ao povo que passa.

Pouco a pouco, a multidão começou a crescer, a polícia chegou sem portar armas letais e se posicionou observando tudo dos arredores da praça.  Um mar de gente encheu as ruas de Campina Grande! E a marcha fluiu pacífica, com milhares de cartazes mostrando que o povo brasileiro vale mais que vinte centavos. 

Por que eu estava lá?

Eu estava lá porque a Constituição Federal de meu país a mim garante o direito de aplaudir ou protestar publicamente.

Eu estava lá dando continuidade ao que eu já fazia. Leitores do meu blog sabem que sempre escrevi contra o descaso com que nossas autoridades tratam o nosso povo.

Eu estava lá porque a leitura que fiz dos velhos profetas, do evangelho de Jesus e das cartas dos apóstolos me ensinou que devo me posicionar ao lado da Justiça, em favor do desamparado, do órfão, da viúva, do trabalhador, do mudo...

Eu estava lá porque sei fazer diferença entre política e politicagem. Como pregador do evangelho, nunca vendi meu voto nem usei o púlpito para beneficiar nenhum candidato ou partido. Deixo meus irmãos livres para que votem e sejam votados de acordo com a consciência de cada um.

Eu estava lá porque também sou brasileiro, uso transporte público, não tenho plano de saúde, preciso do SUS e não concordo com a corrupção.

Eu estava lá porque desejo que no ano 2083, meus netos e bisnetos saibam que eu fiz a minha parte para deixar pra eles um Brasil melhor. É assim que eu quero que eles lembrem de mim!

Humberto de Lima

2 comentários:

Ana Cleide Santos disse...

Muito bem pastor Humberto. Falou tudo!

Claudia Niedes de Sousa disse...

Parabéns pela atitude!

Mais lidas na semana