" "

"Eu penso que patriotismo é como caridade - Começa em casa!". (Henry James).

sábado, 18 de outubro de 2008

Quando um homem ama uma mulher...


Jornais do país inteiro noticiaram a morte da menina de quinze anos de idade, residente no ABC Paulista. Inconformado com o fim do relacionamento, o ex-namorado a seqüestrou, manteve-a em cárcere privado por quase uma semana, e, em seguida a matou com um revólver. Razão alegada pelo autor do crime: Amor!

Seria este um caso isolado e raro? Não! Em artigo publicado na revista Consultor Jurídico, em 14 de outubro de 2002, Luiza Nagib Eluf nos informa que, de acordo com um levantamento feito pela ONG “União de Mulheres de São Paulo”, com base em dados das Delegacias de Policia, em 1998, pelo menos 2.500 mulheres já eram mortas por ano, no país, vítimas de crimes passionais. Sem querer dissertar sobre as implicações jurídicas, sociológicas, psicológicas e espirituais, envolvendo esse e outros casos, opto por seguir um caminho diferente. Prefiro aqui, uma abordagem a la Percy Sledge. Por isso digo:
 
Quando um homem ama uma mulher...
 
Ele não tenta ser o dono dela; pois ela não é coisa, é gente!

Ele não controla, não agride, não ameaça, não prende, não bate...

Ele sabe exatamente qual é a diferença entre lutar pelo seu amor e forçar a barra. Lutar sim, forçar jamais! Desconfie e fuja para bem longe do homem que lhe disser: - Você vai ficar comigo, haja o que houver, aconteça o que acontecer!

Ele a deixa livre para que se vá; e a recebe de novo, se ela volta por si mesma.

Ele não desatina nem se aniquila por causa de seu grande amor. Ao contrário disso, as boas lembranças dela o estimulam para que viva, siga em frente e vença na vida, sempre!

Ainda que envelheça e morra sem que haja um reencontro, ele partirá bem; pois afinal, quando chegar sua hora, saberá que não terá passado em vão por este mundo, e feliz, dirá para si mesmo: - Eu a amei!

Humberto de Lima

4 comentários:

Alice disse...

O amor sempre será lindo... o que fazem é acusar o amor de fazer coisas que a loucura e o ódio fizeram.... mas o amor, sempre é lindo !


uma linda semana pra vc


bjus

Andréia disse...

Concordo com você meu amigo! Como está escrito na Bíblia, o amor tudo cê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais se acaba. E eu acredito que onde há ódio, não pode haver amor, jamais!

Diego Navarro disse...

Precisas, sensatas e inteligentes palavras! Assim como fez Percy Sledge em sua belíssima e inesquecível canção "When a man loves a woman".
Tenham um ótimo dia!
Um abração!

Diego.

Francinaldo disse...

Sim, muito bom. Acredito que é necessário que cada um se abstenha de sua individualidade para que o outro possa se estabelecer na relação e possam configurar uma harmonia. gostei muito da frase: "A mulher não é coisa, é gente" neste caso não há lugar para dominação. O amor não tem nada haver com ódio, vingança,dominação,egoísmo e outros sentimentos mais que surgem por aí,justificando atos antifurídicos e contraditórios com a sublimidade e pureza do amor. VIDA E PAZ Reverendo.

Mais lidas na semana